quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012




Na imensidão do Universo pude ver meu amor por ti
Enxerguei nosso amor com os olhos sublime da divina sabedoria
Mesmo que por instante, atingi o chamado amor perfeito, puro
E com ele vieram-me sua imagem, perfume e voz
Sua imagem veio para minha admiração
Assim como um lindo pôr de sol numa tarde de calor
Seu perfume veio para embriagar-me
Assim como o perfume de uma flor que entorpece um pássaro
Sua voz veio para encantar-me
Assim como a linda melodia emitida pela Natureza
Percebi que no meio desta imensidão toda nosso amor é algo maior
E que não devemos pô-lo a provações com pequenas coisas
Hoje descobrir que você é muito mais que meu amor
Você é, o que possamos dizer, minha alma gêmea
Alma amiga, alma irmã, alma companheira
Com quem vou seguir toda minha eternidade
Agora sinto uma sensação de felicidade e alegria plenas
E assim como qualquer sensação que é sentida somente pelo corpo
O meu amor por você é mais profundo
Pois passa do limite corporal
Chegando até o limite mais profundo da alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário