sábado, 10 de julho de 2010


Amar você é mergulhar em águas turbulentas

E me deixar levar, sem receio, desatenta.
É permitir que a vida transcorra docemente
Na certeza de que você é meu somente...
Amar você é resistir aos contratempos
É permitir que a correnteza me carregue
Porque o tenho sempre em meus pensamentos
Enquanto a vida, em seu ritmo, prossegue
Amar você é me atirar em meio à vida
Despreocupada com o que possa surgir
Amar você é a loucura mais querida
Que me envolve e que vem me consumir
Amar você é a maior felicidade
Que arde dentro de meu coração
Amar você é a loucura sem alarde
É dengo, é chamego, é paixão!

Um unica lágrima























A dor de uma lágrima pode ser inesplicável.
A dor da perda pode sser inaceitável.
O sol parece não querer brilhar
A esperança parece sumir,
O sorriso se apaga , a mente fica confusa.
O sentimento de sumir é constante.
Fugir para um lugar bem longe, longe de tudo.
A lágrima no canto do rosto escorre,
Tenta conte-las mas não consegue
O coração apertado, doe como nunca doeu antes,
Parece que tudo vai desmoronar.
Não conseguimos enchergar a saída ,
Mas eu te digo, ela existe sim.
Por mais que a dor pareça não passar,
E parecer que o sorriso nunca mais aparecerá,
A saída sempre existirá.
Ela está nas mão do Criador,
Que é o dono da verdade,

Que é o caminho, a verdade e a vida.
Se levante, mostre que você é forte,
Mostre que você é capaz.
Deus está ao seu lado e nada deve temer.



 Para uma pessoa especial que hoje sofre na dor de uma lágrima. Te digo tia, Deus nos fortalece nos momentos em que nos sentimos mais fracos.
"Desde daqui, tás a ver? Deste preciso ponto. Até...até...á lua!"




"Deves gostar mesmo muito de mim, porque hoje nem vejo a lua ahahah"
Mais uma vez o mundo me devora,


O mar passa por cima de mim novamente,

Como se eu fosse um simples grão,

Esse mar de lágrimas que me devora,

Na vejo mais o horizonte em minha frente,

So lágrimas,

Mesmo assim continuo remando,

Mesmo sem ter um porto a minha espera,

Mesmo sabendo que ninguém me aguarda,

Um simples bote a deriva esperando,

A próxima onda bater em seu casco,

E derrubar o pobre naufrago perdido em lágrimas...
As coisas acontecem quando têm de acontecer e não quando queremos que elas aconteçam. Quantas vezes lutamos tanto por algo para atingir, para conseguir, ou simplesmente para ter esse algo e, de repente, desistimos?... Simplesmente chegamos a uma altura em que já não somos capazes de acreditar que lá chegaremos. E é quando já não pensamos, e já nem sequer acreditamos, que somos capazes de lá chegar, que as coisas acabam acontecendo. E aí perguntamos: "Lutei tanto e nunca consegui nada e quando já nada esperava, e sem fazer nada por isso, acaba acontecendo o que tanto quis mas que nunca esperava que acontecesse. Porquê?..." Porque a própria vida encarrega-se de fazer com que as coisas aconteçam nas alturas mais adequadas, porque sabe qual a melhor altura para que estas aconteçam. E se nunca se realizar aquilo que tanto querias, porque tanto lutaste, é porque talvez não fosse a altura mais correcta, e se nunca acontecer é porque a própria vida achou que assim seria o melhor para ti. Nunca apresses nada. Não alteres o rumo da tua vida. Por vezes é melhor deixá-la correr o seu rumo de forma natural e ver o que ela tem reservado para nós. Só tens de acreditar e deixar acontecer...
video

Ainda pior que a convicção do não, é a incerteza do talvez, é a desilusão de um quase! É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo o que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que nos escapam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas ideias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono. Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna. A resposta eu sei de cor, está estampada na distância e na frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "bom dia", quase que sussurrados... Sobra cobardia e falta coragem até para ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez estes fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor. Mas não são... Se a virtude estivesse mesmo no meio-termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-irís em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Para os erros há perdão, para os fracassos, chance, para os amores impossíveis, tempo... De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar a alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixes que a saudade te sufoque, que a rotina se acomode, que o medo te impeça de tentar. Desconfia do destino e acredita mais em ti. Gasta mais horas realizando que sonhando... Fazendo que planeando... Vivendo que esperando... Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu. (Luís Fernando Veríssimo.)
Por mais que eu te escreva,


sempre vai ficar faltando algo pra dizer,

por mais que eu fale, nunca vou cansar de repetir.

Posso dizer milhões de vezes,que te adoro,

e nunca sera igual,

porque o meu ( te adoro ) está sempre aumentando,

e a cada dia EU TE AMO mais ..

E por mais que eu tente te mostrar

o quanto você e importante pra mim,

as palavras serão sempre vazias

perto dessa coisa doida que sinto e

que vou passar a vida tentando traduzir pra você.

Vou cobrir os teus dias com meus carinhos,

e nunca serão o bastante,

vou cobrir tua vida com meu amor,

e isso faaa nunca terá FIM

TE AMO TE AMO TE AMUUUUUU

Thiello...

Suas risadas me fazendo rir também.

Nossas madrugadas de conversas...
Vida dividida nas pequenas coisas.
Costura do tempo nos aproximando sempre mais....
Mas quando surgiram nossas diferenças...
Quando descobrimos nossos maiores defeitos.

Manifestações de protesto...
Crises nervosas.....
Discursos desaforados...
A promessa de que eu iria embora defenitivamente de sua vida...E de que nunca mais voltaria a pronunciar seu nome.

Mas depois a saudade...

A ausência mensurada...
O Arrependimento...
O pedido de perdão...

E o aprendizado de que quanto mais a gente ama...

Muito mais a gente precisa perdoar.
O amor é o motivo do perdão...
E operdão é a continuidade do amor...
Se pela força da distância você se ausentar, pelo poder que há na saudade você há de voltar. Mesmo que o tempo passe.....

Você fique velhinho...

Mesmo que você perca toda a sua utilidade...
Dentro de mim você continuará tendo significado
E haverá sempre um lugar reservado em minha casa para você chegar, quando quiser
Eu não gostaria que a morte nos alcançasse sem antes poder lhe dizer...

Que nas miudezas dos meus dias que passam...

Você é um grande acontecimento que permanece.
Amar é um recurso humano que nos faz eternos...
Recolhe e resguarda e não deixa morrer.
Retira da mira do tempo...

E aconchega a pessoa amada na certeza: Você não vai passar!

Hoje, neste dia em que a vida nos permitiu um encontro nestas palavrasNeste instante em que seus olhos se ocupam das palavras que meu coração resolveu improvisar...

Eu gostaria de lhe agradecer pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que sou.

Eu que nem sempre soube acertar... Aprendi com você que arrependimento é bem melhor do que culpa.
Aprendi...Que quando vejo você ,vejo o homem que sempre sonhei pra mim,vejo gestos que me emocionam e me tiram o ar...
 
Você me surpreende,me encanta e me diz sem palavras o quanto sou amada,e por tudo isso
quero que o mundo saiba o quanto sou feliz ao seu lado...
 
Te amo!!!!! tic ...tic...tic...

Amor


As vezes, o que você diz pra mim, é tudo o que eu gostaria de dizer pra você!Como pode uma necessidade ser Amor? O Amor é um luxo. É abundância. É ter tante vida, que você não sabe o que fazer com ela; assim, você a partilha. É ter tantas canções no coração que você tem de cantá-las - se alguém ouve, não importa.



"Só uma pessoa madura pode dar, porque só uma pessoa madura tem.Então, o Amor não é dependente. Você pode estar amando quer o outro esteja ou não amando você.O Amor não é uma relação, é um Estado.O que acontece quando uma flor flroresce densa sem ninguém para apreciar isso? Ninguém para tomar conhecimento de sua fragrância, ninguém para passar e dizer "que bela!"?Nninguém para sentir-lhe a beleza, a alegria, ninguém para compartilhar - o que acontece a flor?


Morre?
Sofre?
Fica apavorada?
Comete suicídio?

Ela continua a florescer, não faz nenhuma diferença se alguém passa ou não; isso é irrelevante.Ela continua espalhando sua fragrância ao vento. Continua a oferecer sua alegria a Deus, ao Todo. Se eu estiver sozinho, então tbém serei tão amável quanto sou quando estou com você.Não é você que está criando o meu Amor. Se você estivesse criando o meu Amor, então, naturalmente, quando você se fosse, meu Amor também haveria de ir-se. Você não está tirando o meu Amor de mim; Eu é que estou derramendo Amor sobre você - esse é o "Amor-Dádiva", é o "Amor-Ser"."

Saudades



A saudade nem se define nem se torna indiferente, se acomoda nos corações que sabem amar. Saudades tão antigas e sempre novas. Hoje sentei na escada, em frente ao portão de casa, para chorar a saudade, que só na língua portuguesa se configura tão bem, mostrando que o amor sobrevive ao tempo e ao espaço. O olhar no portão parecia querer dizer àqueles que amei, mesmo por um instante, através de um olhar, de um pedido de perdão, de um sorriso sincero, de um abraço prolongado ou de uma partilha: “Volte logo!”


A saudade é a dor da alma daquele que crê em segredo, sem deixar de recolher as folhas da esperança, de ouvir o canto do rio, de perceber que o tempo passa e a vida sempre volta à alegria. E de entender que o barulho do trem, para aqueles que esperam, sempre indica chegada e nunca partida.

Esse desassossego, que toma conta de nosso coração, causa uma dor que não se localiza e é diante dela que experimentamos as boas lembranças, o desejo de amar melhor. Diante dela [saudade] também percebemos as nossas limitações, projetamos “bombas” de amor e sentimos a culpa (que deve ser expurgada da alma) de ter perdido as oportunidades de dizer com a vida: “EU TE AMO!” Há sempre uma chance para se recomeçar...

Precisamos aprender pois, muitas vezes, ao passar pelo outro, nos olhamos sem nos encontrar, sorrimos sem dizer nada, trocamos palavras e nenhuma se eterniza em nossas histórias. É preciso que as coisas aconteçam de forma “contrária” para “contrariar” o ser amado e surpreendê-lo.

Saudade sempre tem algo a revelar. É próprio dela ser desvendada como expressão de um cantar íntimo. Ela consolida belas experiências, que, antes, eram apenas silêncio no coração do poeta.

Minha alma permanecerá na “escada da vida” olhando para o “portão do mundo” para fazer da saudade grandes poemas e belas canções de espera. Como diz padre Fábio de Melo: “Que ninguém fique de fora dessa espera, mesmo aqueles que dizem não crer, tenham a paciência de velar conosco. A espera será mais bela quanto maior for o número daqueles que esperarem juntos”.

Portanto, não perca tempo e permita àqueles que fazem parte de sua história, neste momento, fazer parte de suas saudades um dia.


"Ah, que saudade que eu tenho da aurora da minha vida, da minha infância querida que os anos não trazem mais".

Casimiro de Abreu - Poeta das Saudades ...

O tempo..... Se traduz tudo....

Um coração ...

Estava andando, me deparei com Clarice Lispector: "Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca ou não toca." que me deu as mãos e me fez rodar rodar rodar: "Rifa-se um coração Um coração idealista Um coração como poucos Um coração à moda antiga. Um coração moleque Que insiste em pregar peças no seu usuário. Rifa-se um coração Que, na realidade, está pouco usado Meio calejado, meio machucado E que teima em alimentar sonhos e cultivar ilusões. Um pouco inconseqüente Que nunca desiste Um leviano E precipitado coração Que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu: “Não quero dinheiro, quero amor sincero, isso é que eu espero!” Um idealista Um verdadeiro sonhador. Rifa-se um coração Que nunca aprende, que não endurece E mantém sempre viva a esperança de ser feliz Sendo simples e natural. Um coração insensato Que comanda o racional Sendo louco o suficiente Para se apaixonar. Um furioso suicida Que vive procurando Relações e emoções verdadeiras. Rifa-se um coração Que insiste em cometer Sempre os mesmos erros. Esse coração Que erra, que briga, se expõe Perde o juízo por completo Em nome de causas e paixões. Sai do sério e, às vezes, Revê suas posições Arrependido de palavras e gestos. Este coração tantas vezes incompreendido Tantas vezes provocado Tantas vezes impulsivo Um coração para ser alugado Ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes. Um coração abastado Indicado apenas para quem quer viver intensamente. E, contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vida Defendendo-se das emoções. Rifa-se um coração Tão inocente Que se mostra Sem armaduras E deixa louco O seu usuário. Um coração que, quando parar de bater, ouvirá seu usuário dizer: “O senhor pode conferir, eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento, Só fiz bobagens e me dei mal quando ouvi este louco coração de criança, Que insiste em não endurecer se recusa a envelhecer.” Rifa-se um coração Ou até mesmo troca-se por outro que tenha um pouco mais de juízo, Um órgão fiel ao seu usuário Um “amigo do peito” que não maltrate tanto o ser que o abriga Um coração que não seja tão inconseqüente. Rifa-se um coração Cego, surdo, mudo Mas que incomoda um bocado. Um verdadeiro caçador de aventuras que ainda não foi adotado. Provavelmente, por se recusar a cultivar ares selvagens ou racionais Por não querer perder o estilo. Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree. Um simples coração humano, Um impulsivo membro de comportamento até meio ultrapassado, Um modelo cheio de defeitos que, mesmo estando fora do mercado, faz questão de não se modernizar. Uma vez por outra constrange o corpo que domina. Um velho coração que convence seu usuário a publicar seus segredos, A ter a petulância de se aventurar como poeta."



















Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente quiser, vai dar para mudar o final!!!